Nossos Serviços

 

Concreto
Armado


Embora não seja a única opção, o concreto armado é a técnica mais utilizada em todo o mundo para construção de estruturas. Esta solução surgiu da necessidade de mesclar a resistência à compressão e durabilidade do concreto com as características do aço. O resultado é um material que tem como vantagens poder assumir qualquer forma com rapidez e facilidade, além de proporcionar ao aço proteção contra a corrosão. Como existe uma baixa complexidade na execução, são necessários cuidados para garantir a qualidade e segurança, ou seja, o conhecimento das propriedades do material, da concepção estrutural na fase de projeto, das normas vigentes, nacionais e internacionais, além da tecnologia de execução são indispensáveis para a construção de estruturas de concreto armado seguras, duráveis e economicamente viável. A união do concreto com a armadura de aço cria um componente resistente às tensões de compressão e tração devido às características dos dois materiais. Porém, para um bom desempenho do concreto armado, não basta apenas combiná-los, é preciso que exista aderência entre eles, ou seja, o trabalho de resistir às tensões tem que ser realizado de maneira conjunta.

 
A protensão não-aderente é uma tecnologia para sistemas estruturais amplamente utilizada nos Estados Unidos desde a década de 60. Devido a sua versatilidade, essa solução rapidamente se difundiu pelo mundo. Primordialmente, têm-se as mesmas vantagens dos outros sistemas de protensão: estruturas com deformação e fissuração controladas com emprego mais eficiente do concreto e do aço, permitindo secções com dimensões esbeltas, vãos maiores e custos reduzidos. Essas vantagens comparativas advém das características do sistema não-aderente: dispensa o uso de bainha metálica e a posterior injeção de nata de cimento. A operação de protensão fica simplificada e mais eficiente, tendo em vista que os macacos hidráulicos e o sistema de ancoragem foram especialmente projetados para níveis leves de protensão. Essa tecnologia vem sendo empregada no Brasil desde 1997, com o início da fabricação das cordoalhas no país pela Siderúrgica Belgo Mineira. (Fonte: Impacto Protensão)
Vantagens da estrutura modularizada protendida:

  • Lajes planas sem utilização de vigas;
  • Maiores vãos com redução do número de pilares;
  • Melhor aproveitamento do pé direito em subsolos;
  • Redução das deformações;
  • Maior durabilidade da estrutura;
  • Redução no tempo de execução;
  • Liberdade arquitetônica.


Lajes
Protendidas



 

Laudos Engenharia
Estrutural


Para todo novo empreendimento, antes de iniciar as atividades de construção, faz-se necessário realizar um estudo de vizinhança identificando e registrando a existência ou não de patologias nas edificações ou estruturas que estão no entorno do futuro empreendimento. O Laudo Técnico, emitido por profissional habilitado e realizado de acordo com a NBR 13752, resguarda o empreendedor ou construtor de futuros processos judiciais que solicitam reparo e ressarcimento de danos relativo às patologias geradas durante o período de execução da obra. Toda reforma com intervenção na estrutura do imóvel que implique em execução de furos e/ou aberturas em paredes, alteração de elementos estruturais, alteração que cause aumento ou diminuição de carga do carregamento previsto no projeto (troca de pisos, remoção ou acréscimo de paredes, instalação de banheira, fechamento de sacadas, entre outros serviços) reforços, recuperação ou restauro estrutural, alteração de área construída, alteração da função ou uso de parte ou totalidade da edificação, alteração da rede hidráulica, necessitam de uma vistoria técnica e do laudo de reforma elaborado por profissional habilitado, com o devido recolhimento da ART (anotação de responsabilidade técnica), sujeito às leis 6.496/77 e 5.194/66.


 
Também oferecemos o serviço de Avaliação de Imóveis​ através da inferência estatística, utilizando como o auxilio o software SISDEA, o qual é recomendado pelas instituições federais, como a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil​,​ pois está voltado para atender a NBR 14653​ na sua versão vigente. Exemplos das finalidades e objetivos da Avaliação de Imóveis: - Comercialização (venda e locação); - Organização de empresas: atualização de ativos (implantação, fusão, aquisições); - Avaliações para fins de seguro, hipotecários, garantias; - Determinação do valor de mercado; - Análise de viabilidade de empreendimentos; - Desapropriação e Servidões Administrativas; - Indenizações; - Partilha de Bens; - Revisionais e Renovatórias de Valor de locação.


Avaliação de
Bens